Aceleras.Net - O Portal Em Português Para Todos Os Amantes Do Mundo Automóvel

Videos Destacados

Isto É Que Foi Sorte
Isto É Que Foi Sorte

Pedestre fica no meio de um grave acidente de trânsito na Rússia
Pedestre fica no meio de um grave acidente de trânsito na Rússia

Clientes do UBER são atendidos por incrível McLaren MP4-12C
Clientes do UBER são atendidos por incrível McLaren MP4-12C

Condutor sai da auto-estrada ao estilo Velocidade Furiosa
Condutor sai da auto-estrada ao estilo Velocidade Furiosa

Michael Schumacher - 7 vezes campeao do Mundo
Michael Schumacher - 7 vezes campeao do Mundo


 

 

 

Procurar Videos

 

 

Os princípios
As corridas de automóveis iniciaram-se quase imediatamente depois da construção dos primeiros carros movidos a gasolina bem sucedidos. Em 1894, foi organizada a primeira competição pela revista parisiense Le Petit Journal, um teste de confiabilidade para determinar o melhor desempenho.

Um ano mais tarde, realizou-se a primeira corrida propriamente dita, entre Paris e Bordéus. O primeiro a chegar foi Emile Levassor, mas foi desclassificado porque o seu carro não era um automóvel de quatro lugares, como era requerido.

A primeira corrida de automóveis na América, num percurso de 54.36 milhas, teve lugar em Chicago, a 2 de Novembro de 1895. Frank Duryea venceu, em 10 h e 23 min, sobrepondo-se a três carros movidos a gasolina e a dois eléctricos
 

Categorias
Existem muitas categorias no desporto automóvel.


Corridas de monolugares
As corridas de monolugares são talvez o aspecto mais bem conhecido do automobilismo, com carros desenhados especificamente para corridas de alta velocidade. As rodas não são cobertas, e os carros têm asas aerodinâmicas à frente e atrás para produzir uma força para baixo e aumentar a adesão à pista.

As corridas de monolugares realizam-se em circuitos especialmente construídos, ou em circuitos citadinos fechados para o efeito. Muitas das corridas de monolugares na América do Norte têm lugar em circuitos "ovais", e a Liga de Corridas Indy corre exclusivamente em ovais. Um carro moderno de Fórmula 1As mais bem conhecidas corridas de monolugares são as de Fórmula 1, que se desenvolvem num campeonato do mundo anual em que participam alguns dos principais fabricantes de automóveis e de motores do mundo, numa batalha que é tanto tecnológica como de desempenho na pista.
Na América do Norte, os carros ChampCars e os da Fórmula Indy assemelham-se aos de F1 mas são sujeitos a muito mais restrições. Existem outras categorias de monolugares, incluindo as corridas de karts que empregam pequenas máquinas de baixo custo em pequenas pistas. Muitos dos melhores pilotos da actualidade iniciaram as suas carreiras nos karts.

Ralis
Os ralis, ou rallyes são corridas de carros de produção profundamente modificados em estradas públicas (fechadas) ou em áreas sem estrada. Um rali típico tem lugar em várias etapas, que os participantes podem analisar antes da competição. O navegador / co-piloto usa as notas tiradas durante o reconhecimento para ajudar o piloto a completar a etapa o mais depressa possível. A competição é geralmente baseada nos tempos, embora ultimamente tenham aparecido algumas etapas com competição directa.

O principal campeonato de ralis é o Campeonato do Mundo de Ralis, mas também existem campeonatos regionais e muitos países têm os seus próprios campeonatos nacionais.

Exitem alguns ralis famosos: o Rali de Monte Carlo ou o Rali de San Remo. Outro acontecimento semelhante a um rali (na realidade um raide) é o Rali Paris-Dakar.

Existem ainda muitas categorias de ralis mais pequenas, populares entre os amadores, constituindo a base dos desportos motorizados.


Corridas de carros de turismo
Tal como nos ralis, nas corridas de carros de turismo competem carros de produção altamente modificados mas, ao contrário do que acontece em ralis, no turismo os carros correm ao mesmo tempo, uns contra os outros, geralmente em circuitos fechados.

Não existe nenhum campeonato internacional de carros de turismo, mas a maior parte dos países têm os seus próprios campeonatos nacionais. Entre os mais conhecidos contam-se o British Touring Car Championship (BTCC, Campeonato Britânico de Carros de Turismo), o Deutsche Tourenwagen Meisterschaft (DTM, Campeonato Alemão de Carros de Turismo), Stock Car V8 no Brasil e os V8 Supercars (V8 Supercarros) na Austrália.
 


Corridas de stock cars
As corridas de stock cars são a variante americana das corridas de carros de turismo. As corridas são geralmente conduzidas em pistas ovais e os carros parecem-se com carros de produção, mas são na realidade máquinas de corrida construídas de propósito e muito semelhantes entre si em especificações. Os primeiros stock cars eram muito mais próximos dos carros de produção.

A série principal nas corridas de stock cars é a nascar, e a mais famosa corrida da série é a Daytona 500. A organização nascartambém organiza a Busch Series (uma liga inferior de stock cars) e a Craftsman Truck Series, de camiões pickup.

A nascarorganiza ainda a série featherlite de carros "modificados", com carros muito modificados a partir da estrutura básica dos stock cars, através da adição de motores poderosos, pneus largos e chassis leve de rodas livres. Mas a série mais antiga da nascarcontinua a ser a que tem maior apelo junto do público.


Corridas lineares
Nas corridas lineares (drag racing), o objetivo é completar uma certa distância, tradicionalmente um quarto de milha (1320 pés ou 400 m), no mais curto espaço de tempo possível. Os veículos utilizados variam entre o carro de todos os dias e o dragster. As velocidades e os tempos diferem, naturalmente, de classe para classe. Um carro vulgar pode completar os 400 m em 15 segundos, ao passo que um dragster poderoso pode cobrir a mesma distância em 4,5 segundos e atingir 530 km/h (330 m/h). As corridas lineares foram iniciadas, enquanto desporto, por Wally Parks, no início dos anos 50, por intermédio da NHRA (National Hot Rod Association), que é o maior corpo organizativo do desporto automóvel no mundo inteiro. A NHRA foi formada com o objectivo de afastar as pessoas das corridas de rua. Corridas de rua ilegais não são corridas lineares.

Ao acelerar até aos 530 km/h, um dragster poderoso puxa 4.5g de aceleração, e quando os travões e os pára-quedas estão em acção, o condutor experimenta uma aceleração negativa de 4g (mais do que os tripulantes do vaivém espacial). Um único dragster pode ser ouvido a 13 km, e pode gerar uma leitura sismográfica de 1,5 - 2 na escala de Richter. (dados dos NHRA Mile High Nationals de 2001, e de testes realizados em 2002 pelo Centro Nacional de Sismologia dos EUA.)

As corridas lineares realizam-se frequentemente em competição directa entre dois carros, com o vencedor de cada ronda a passar à ronda seguinte. Nas classes profissionais é sempre o primeiro a chegar à meta que ganha. Nas classes amadoras, existe um handicap (aos carros mais lentos é dada uma vantagem) que usa um índice, e os carros que correm mais rapidamente que o seu índice permite, "rebentam" e perdem.

As corridas lineares são populares principalmente nos Estados Unidos da América.

 

 

Corridas de carros de desporto
Nas corridas de carros de desporto, as versões de produção de carros de desporto e protótipos competem em circuitos fechados. As corridas desenrolam-se, em regra, em distâncias longas, e os carros são conduzidos por equipas de dois ou três condutores que se revezam de vez em quando. Devido às grandes diferenças entre os carros desportivos "normais" (vulgo GT's) e os protótipos de competição, uma única corrida envolve geralmente várias classes diferentes.

Nos Estados Unidos, organiza-se desde 1999 a American Le Mans Series, incluindo classes GT, GTS e duas classes de protótipos. Uma competição semelhante foi criada na Europa em 2004, com assinalável sucesso entre os concorrentes que preenchem grelhas com cerca de 50 carros.

Corridas famosas de carros de desporto são, por exemplo, as 24 Horas de Le Mans as 12 Horas de Sebring, os 1000 Km de Monza, 1000 Km de SPA, 1000 Km de Nürburgring, 24 Horas de Daytona e a Mil Milhas Brasil.


Corridas em pisos de terra
Nas corridas em pisos de terra, várias classes de veículos especialmente modificados, incluindo automóveis, competem em corridas por ambientes com pisos que não sejam asfalto. Na América do Norte, estas corridas têm frequentemente lugar no deserto. Um exemplo é a famosa Baja 1000.


Karting
Visto como a porta de entrada dos pilotos profissionais no desporto, o Karting é também uma forma económica de qualquer pessoa tentar a sua sorte nos desportos motorizados.


Corridas de carros clássicos
Modalidade em franca expansão, as corridas para carros clássicos reunem veículos que fizeram a historia do automobilismo desportivo entre o final da Segunda Guerra Mundial e meados dos anos setenta.

O regulamento varia de país para país, mas normalmente rege-se pelo Anexo J da época dos carros, ou pelo mais restritivo Anexo K, concebido exclusivamente para este tipo de competições.

Actualmente entre outras provas, disputa-se um campeonato internacional de Fórmula 1 (TGP), um outro para protótipos de Grupo C, outro para protótipos e GT's anteriores a 1980 (www.vdev.fr) e ainda inúmeras outras competições que vão dos carros de turismo até aos Rallyes.

As mais importantes competições de Clássicos na Europa são sem dúvida as 24 Horas de Le Mans Classic e o circuito de Goodwood, onde desde o público aos mecânicos e comissários, todos têm que fazer parte do cenário, sendo obrigatório envergar uma indumentária da época das corridas disputadas.

Em Portugal disputam-se dois campeonatos de velocidade para clássicos (CNVC e TNCV) divididos em inúmeras subclasses, entre as quais a "Taça 1300". O CNVC é dominado pelos Ford Escort RS com motor Cosworth BDG e pelos Porsche Carrera RSR. O TNCV é o feudo dos antigos protótipos de Grupo 5, aparecendo carros tão espectaculares como os Lola T70 Chevy V8, March 74S, Lola T282, Lola T212, Chevron B19 e B21.

Existe também um campeonato nacional de ralis para clássicos e ainda um elevado número de ralis de regularidade para viaturas clássicas.


Corridas de motocrosse
O motocrosse é um desporto internacional com uma história de décadas. A Honda, a Suzuki, a KTM e a Yamaha patrocinam os pilotos que conseguirem chegar ao circuito profissional. A AMA e a FMF são grupos que regulam as corridas, as pistas e as regras. Existem dois tipos de motas de crosse bastante diferentes. A z50 é a mais pequena, os profissionais montam motas de 125 ou 250 cc. Nas competições americanas há duas regiões: Leste e Oeste.


Fora de estrada
A modalidade Fora de estrada (Offroad) é praticada em trilhas que atravessam campos, montanhas, alagados, pedreiras e outros terrenos que proporcionem dificuldades para sua transposição. Os carros utilizados são normalmente do tipo jipe, com tração nas quatro rodas.

 

Automobilismo em Portugal
Corridas de automóveis, ou automobilismo, é responsabilidade da Portugal pela FPAK (Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting). A FPAK é representante em Portugal da FIA, organizando todos os campeonatos nacionais nas disciplinas de velocidade, rali, TT, offroad e karting, além de preparar os regulamentos desportivos e de segurança sob os quais cada prova se deve reger.

 

 

Criação de João Fernandes - jpedrofernandes.com

Desenvolvimento de Portugal Na Web - portugalnaweb.com

Copyright aceleras.net todos os direitos são reservados © Politica de privacidade - 2006 - 2017